Página Inicial

Notícias e Novidades

26 de Agosto de 2020

Novo equipamento respiratório é utilizado em pacientes com Covid-19, em Volta Redonda

Unimed Volta Redonda é pioneira na região

Dona Elci Marinato, de 66 anos, começou com uma tosse. A preocupação em procurar o hospital nessa fase de pandemia deu vez à automedicação: um xarope passou a ser o aliado na tentativa de conter o sintoma. Com o agravamento do quadro, ela procurou a unidade hospitalar. Além da tosse com secreção, apresentava também incomodo na garganta e logo veio a falta de ar.  Dona Elci estava com Covid-19, precisou ser internada e foi a primeira paciente a utilizar uma técnica inovadora no Hospital Unimed Volta Redonda.

“Eu me senti muito bem porque do jeito que eu entrei [no hospital com falta de ar] e logo comecei a reagir [com a utilização do novo cateter nasal]. Eu não falava, estava rouca. Eu fui confiante e a melhora foi rápida”, relembrou, ainda no quarto de hospital, ao lado do marido, Sebastião, após 15 dias de internação.

A Unimed Volta Redonda adquiriu um moderno recurso para tratar as pessoas com o novo coronavírus: o equipamento Vapotherm Precision Flow. O procedimento é feito com uma técnica que oferta oxigenoterapia através do Cateter Nasal de Alto Fluxo, um tipo de suporte ventilatório, não invasivo, que tem o objetivo de evitar a necessidade do Ventilador Mecânico, facilitando também o processo de retirada do paciente, quando for necessário.

Além de mais confortável para o paciente, o cateter nasal permite que a pessoa mantenha suas atividades do dia a dia, com menor risco de contaminação. A técnica é nova, até agora treze pacientes já utilizaram e apresentaram resultados positivos.

“Trabalhamos para oferecer em nosso Hospital um serviço de excelência e com o foco no cliente. Com essa aquisição reforçamos o nosso compromisso em atender com qualidade e sempre prezando pela saúde e bem-estar das pessoas. Esse é nosso Jeito Unimed de Cuidar” - disse Dr. Luiz Paulo Tostes Coimbra, presidente da Unimed Volta Redonda.

 

Cuidado centrado no paciente

Assim como Dona Elci, muitas pessoas estão com medo de procurar os hospitais devido à pandemia. Desde o mês de março, a Unimed Volta Redonda criou uma Unidade de Apoio Especial – também conhecida como gripódromo – onde é feito o atendimento exclusivo de pacientes com sintomas do novo coronavírus. Já os casos de urgência e emergência continuam no Pronto Atendimento.

Com recepções distintas, os clientes têm mais conforto e segurança, e podem procurar o Hospital sem preocupação em caso de qualquer necessidade.

A unidade hospitalar disponibilizou também a orientação on-line. Uma ferramenta de atendimento médico por vídeo chamada para clientes Unimed e convênios. Basta entrar em contato pelo WhatsApp:  99255-7556.

Escrever comentário
Nome*
E-mail*
Comentário*
 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Unimed Volta Redonda. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A Unimed Volta Redonda poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Outras Notícias

Touca de crioterapia reduz queda de cabelo na quimioterapia e devolve autoestima a pacientes com câncer

Hospital Unimed Volta Redonda investe em equipamento moderno e com tecnologia de ponta

ANS aprova programas de gerenciamento de saúde da Unimed Volta Redonda

Aprovação atesta a qualidade da assistência prestada na promoção e prevenção de riscos e doenças

Semana do Cooperativismo

Unimed Volta Redonda promove ação social para a Casa da Criança

Ver todas as notícias